Notícias


PROPAC realiza visitas a experiências acompanhadas em territórios quilombolas

O Programa de Promoção e Ação Comunitária (PROPAC) vem realizando visitas a experiências acompanhadas em territórios camponeses e quilombolas. Durante o mês de agosto e neste início de setembro, as visitas têm ocorrido nos municípios de Livramento, Cacimbas, Santa Luzia e Várzea.

Em Cacimbas, além das visitas, o PROPAC tem acompanhado a realização de oficinas, promovidas durante a realização de cursos de cabeleireiras, tranças e designe de sobrancelhas. Na quarta-feira, dia 31 de agosto, pela manhã, uma destas oficinas ocorreu no quilombo de Serra Feia, com a participação de 20 mulheres, tendo na sua maioria a presença de jovens. Na parte da tarde, no quilombo Chã e Aracati, houve uma primeira reunião para tratar do Novembro Negro, momento em que foram apresentadas várias possibilidades para a realização deste importante acontecimento para os territórios quilombolas que estão no município de Cacimbas e região.

Na quinta-feira, dia primeiro de setembro, pela manhã, a equipe do PROPAC esteve no quilombo do Talhado, visitando experiências de agricultura familiar camponesa, momento em que se pôde organizar um planejamento de atividades na localidade, em vista da melhoria da produção de alimentação para a criação animal. No período da tarde, ocorreram visitas, na cidade de Santa Luzia, no galpão das louceiras e na Escola Arlindo Bento, no bairro São José, e no Monte São Sebastião.

No dia 02 de setembro, foi a vez de visitação ao quilombo da Pitombeira, no município de Várzea. Durante toda a manhã, a equipe do PROPAC esteve reunida com representações da associação quilombola, em vista do planejamento de ações no quilombo, que contribuam com o envolvimento da juventude e das mulheres. Na reunião se conversou sobre a realização do Novembro Negro, observando-se a importância da realização de ações mobilizadoras que contribuam com um maior envolvimento da comunidade na apresentação das belezas que podem ser encontradas na vida da população local. Logo após a reunião, a equipe do PROPAC visitou quintais produtivos agroecológicos, bem como experiências de produção artesanal.

As visitas aos territórios quilombolas vêm sendo transformadas em momentos de reenergização, pois, em cada um deles, contempla-se que é possível cultivar sonhos e que a liberdade está para além das dificuldades vivenciadas no tempo presente.

« Voltar