Notícias


PROPAC realiza visita de intercâmbio a fábrica de solos

O Programa de Promoção e Ação Comunitária realizou na sexta-feira, dia 17 de junho, visita de intercâmbio a experiência denominada “Fábrica de Solos” promovida pela Secretaria de Agricultura, município de Picuí-PB, em parceria com o IFPB, Campus de Picuí, por meio do Núcleo de Estudos em Agroecologia (NEA). Participaram da visita representações de grupos acompanhados pelo PROPAC nos municípios de São José do Sabugi e Várzea.

A visita foi realizada em dois momentos. No primeiro momento, após o café da manhã, a equipe se dirigiu à Fábrica de Solos, no IFPB. Na ocasião, houve uma breve apresentação do público presente, como também foi feita uma explanação sobre os objetivos da visita. Em seguida, Raniere Ferreira, Secretário de Agricultura, apresentou os passos como a experiência é desenvolvida, a qual se dá mediante trituração, com auxílio de máquina forrageira e máquina trituradora de cocos, para produção de compostagem. O material a ser utilizado chega ao centro de compostagem por meio de coleta específica realizada na cidade de Picuí. Uma vez triturados, o produto é organizado em leiras ou pilhas de resíduo, de 1,20 de altura, por 80cm de largura e 2 metros de comprimento. Ao produto triturado é acrescido esterco bovino. Após a montagem das leiras, irriga-se duas vezes por semana, durante três meses, até atingir o estágio de maturação. Neste período, revolve-se o material a cada quinze dias. Ao final do período, peneira-se o produto para distribuição às propriedades cadastradas a receber o material. O adubo produzido é distribuído pela Secretaria de Agricultura.

Logo em seguida, os participantes foram convidados ao segundo momento da visita, quando se dirigiram ao Centro Municipal de Assistência Social. Neste espaço, os visitantes foram recebidos pelo prefeito municipal Olivânio Remígio, que se mostrou agradecido por esta oportunidade, mostrando que este trabalho é fruto de uma militância junto aos movimentos sociais e a Articulação do Semiárido Paraibano, culminando numa parceria com o IFPB e a acolhida da gestão municipal em pautar políticas públicas de inclusão social, cuidado com o ambiente e zelo pelo patrimônio público. No momento, houve bastante interação do prefeito com os participantes da visita. Após este momento, as pessoas presentes foram convidadas a conhecer uma área experimental de plantio de palma-forrageira, com a utilização do composto produzido na fábrica de solos. Na ocasião, foi dito que o local em que foram plantadas a raquetes de palma-forrageira era um espaço sem vida, bastante degradado e com solo compacto, havendo inclusive dificuldade de cavar os berços. Ao introduzir as raquetes, foi colocado o composto, havendo em poucas semanas uma boa reação, demostrada pela brotação das palmas.

Após a visita, os participantes foram convidados para o almoço, onde, em seguida, todos voltaram às suas localidades, ficando certo que, em breve serão realizadas rodas de conversas para que se possa partilhar sobre a experiência visitada, bem como sejam planejadas oficinas sobre a questão em pauta.

« Voltar